Arquivo da Categoria ‘alvenaria estrutural’

Edifício em Alvenaria Estrutural

sexta-feira, 3 de maio de 2013

 

Foi iniciado em Caçador-SC, mais um empreendimento em alvenaria estrutural de blocos de concreto, com blocos fornecidos pela Kerber Pré-Moldados. A obra está sendo executada pela Cidade Construtora e Incorporadora.

 

Além do fornecimento dos blocos de concreto a equipe técnica da Kerber Pré-Moldados, realizou treinamento de mão de obra para que a obra tenha a produtividade e qualidade desejada.

 

A Kerber Pré-Moldados possui selo de qualidade da ABCP, o que garante a qualidade dos seus produtos e processos e é associada a Bloco Brasil, Associação Brasileira de Fabricantes de Blocos de Concreto.

 

A filial de Caçador da Kerber Pré-Moldados fica situada na rua Brasilia 550, bairro Alto Bonito, telefone (49) 3563-1092, email: kpmcacador@kerberpremoldados.com.br

2013-04-26 16.37.36 2013-04-26 17.15.59 2013-04-26 17.02.46

Vantagens do Bloco de Concreto

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Fabricação automatizada e normas técnicas reforçam benefícios do produto

 

De acordo com dados da ABCP – Associação Brasileira de Cimento Portland, o uso do bloco de concreto registra constante crescimento no Brasil, tanto para a construção de paredes de vedação como em paredes estruturais.
Segundo Claudio Oliveira Silva, gerente de inovação e sustentabilidade da ABCP, a produção de blocos no País ganha em qualidade devido à modernização do processo. “As fábricas mais modernas possuem sistemas automatizados para dosagem do concreto e movimentação dos blocos recém-moldados para a câmara de cura, onde os blocos permanecem em condições de umidade e temperatura adequadas à hidratação do cimento”, explica.
Em relação a outros tipos de blocos, como o cerâmico, o de concreto é mais resistente, apresenta maior compatibilidade com as argamassas de assentamento e revestimento e precisão dimensional, permitindo planejar a execução das paredes sem cortes, o que gera menos entulho na obra. Os furos na vertical possibilitam a passagem de instalações elétrica e hidráulica, evitando a necessidade de rasgos que, além de gerarem retrabalhos e entulho, fragilizam as paredes.
Além disso, o produto é regulamentado pelas normas técnicas NBR 6136, que trata da especificação dos blocos, e a NBR 12118, referente aos métodos de ensaio. O controle de qualidade abrange fatores como variação dimensional, resistência à compressão e absorção de água. Em alguns casos é importante avaliar ainda a retração por secagem. Segundo o gerente da ABCP, as principais características técnicas abrangem os itens:
– Peso: a variação de peso de blocos do mesmo lote deve ser mínima, uma vez que pode indicar variação de resistência. Peças leves representam porosidade e absorção de água superior.
– Homogeneidade: blocos com textura e cor homogêneas indicam um controle ideal no processo de cura e fabricação.
– Dimensão: O bloco deve ter ângulos retos exatos. As diagonais devem ter a mesma medida.
– Superfície uniforme e cantos vivos: arestas irregulares indicam problemas no processo de compactação do concreto. Blocos com cantos quebrados indicam baixa resistência. Quanto mais perfeito e homogêneo o bloco, maior a economia com revestimentos de argamassa
fonte: http://www.mapadaobra.com.br/Perfil_Fique-Por-Dentro-Detalhe.aspx?id=44

Kerber Pré Moldados Ltda – Selo de Qualidade

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Selo de Qualidade

A Kerber Pré Moldados Ltda para garantir a melhor qualidade em seus produtos, conquistou em Maio de 2012 o “Selo de Qualidade” ABCP, para os Blocos de Concreto e Pavimentos Intertravados.

O Selo de Qualidade ABCP, tem por intuito certificar a conformidade dos produtos de acordo com as normas brasileiras, contribuindo assim  para a melhoria da qualidade dos sistemas construtivos.

Na sua Construção use produtos da KERBER PRÉ MOLDADOS e veja as vantagem dos nossos materiais.

Entre em contato pelo fone(42)3522-4933 ou pelo e-mail: vendas@kerberpremoldados.com.br

 

Pavimentos Permeáveis

terça-feira, 9 de agosto de 2011

A Kerber Pré-Moldados participou no dia 5 de agosto em Curitiba-PR do Curso de Projeto e Construção de Pavimentos Permeáveis, promovido pela ABCP-Associação Brasileira de Cimento Portland.

O foco do curso foi a gestão da drenagem urbana e a contribuição efetiva dos pavimentos permeáveis para essa questão. Abordar os conceitos sobre permeabilidade dos pavimentos intertravados. Controle do escoamento superficial. O pavimento permeável já é utilizado com frequencia na Europa e nos Estados Unidos, atuando como ferramenta de controle de inundações nos grandes centros urbanos.

Programa estima os custos médios de materiais nas obras. Ferramenta auxilia os engenheiros

Por: Michel Mello

O Departamento de Engenharia Civil (Deciv) e o Departamento de Estatística da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) criaram um sistema on-line para estimar valores de consumo médio de materiais em canteiros de obras. O sistema chama-se Consalv e essa ferramenta ajuda a reduzir o desperdício de material e prevê mais agilidade na execução das obras. Esse sistema atende edifícios a partir de dois andares.
As informações levantadas relativas à arquitetura são:
Índice de compacidade;
Índice de circulação;
Densidade de paredes;
Relação da área de alvenaria estrutural por alvenaria total.

Interface do sistema na qual devem ser inseridos os dados para o cálculo é bastante simples.

O sistema pretende facilitar o trabalho dos engenheiros que desejam confirmar os cálculos para o consumo de materiais. O usuário tem a seu alcance a possibilidade de comparar os valores obtidos em seu projeto com os bancos de dados disponíveis no Sistema On-Line de Indicadores de Projeto em Edifícios em Alvenaria Estrutural.
Os pesquisadores calcularam os gastos médios das construções e que serviram como base para o banco de dados desse sistema. O coordenador do curso de Engenharia Civil da UFSCar, Guilherme Aris Parsekian, afirma que “antes do programa não havia parâmetros para cálculo do sistema construtivo. Então, em virtude da demanda por um recurso que calculasse esses custos foi desenvolvida essa ferramenta”, ressalta.
Com a consulta, o engenheiro civil pode estimar valores de consumo médio em uma obra baseado nos dados disponíveis, além disso, pode comparar os valores obtidos em um novo projeto com os do banco de dados (benchmark). A partir desta comparação o sistema cadastra, automaticamente, os dados do engenheiro para uma possível atualização do banco de dados no futuro.
Também foi criado um banco de dados que tem como base 140 projetos de edifícios. São três níveis de acesso: o primeiro nível é mais rápido e simples e atende razoavelmente bem ao usuário comum. O segundo nível visa atender aos profissionais onde são elencados os parâmetros arquitetônicos do projeto – orçando a variação na estrutura e cálculo do perímetro. Já o terceiro e último nível é para a inclusão de dados, onde o usuário colabora inserindo os dados na base do programa.
Segundo a professora, Teresa Cristina Martins Dias, que é chefe do Departamento de Estatística da UFSCar, “as técnicas estatísticas devem ser utilizadas para a melhoria e otimização dos procedimentos e sistemas da área da construção civil. Tais procedimentos como a avaliação de quantidade de concreto, aço e outros materiais são variáveis necessárias em uma construção. Isso pode diminuir o custo das obras e representar uma economia significativa no valor total da obra.
Os interessados podem acessar o sistema por meio do endereço: www.deciv.ufscar.br/consalv
Entrevistados
Guilherme Aris Parsekian
Currículo
– Engenheiro civil pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
– Coordenador do curso de Engenharia Civil da UFSCar.
– Mestre em Engenharia de Estruturas – Escola de Engenharia de São Carlos (EESC/USP).
– Doutor em Engenharia Civil – Escola Politécnica da Universidade do Estado de São Paulo (EPUSP).
– Pós-doutorado na Universty of Calgary.
Contato: parsekian@ufscar.br
Teresa Cristina Martins Dias
Currículo
– Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
– Mestre em Computação e Matemática Computacional pelo Instituto de Ciências Matemáticas e da Computação (ICMC-SC-USP).
– Graduada em Estatística pelo Departamento de Estatística Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
Contato: dtmd@ufscar.br

Jornalista responsável: Silvia Elmor – MTB 4417/18/57 – Vogg Branded Content

KIT Assentador de Blocos

sábado, 12 de junho de 2010

A Kerber Pré-Moldados preocupada em oferecer as melhores condições possiveis para a execução da alvenaria de blocos de concreto desenvolveu o kit assentador.
Em breve o kit estará disponivel!!!!!!!

Alvenaria Estrutural

sexta-feira, 9 de abril de 2010

A Editora PINI acaba de lançar o livro Alvenaria Estrutural, de autoria dos arquitetos Carlos Alberto Tauil e Flávio José Martins Nese. A publicação aborda desde a metodologia do projeto arquitetônico até detalhes da execução da alvenaria estrutural, além de requisitos para a fabricação de blocos de concreto e ensaios para o controle tecnológico.

“A alvenaria estrutural tem sido a solução mais econômica para se projetar edificações, sejam elas residenciais, escolas, creches, hotéis, hospitais ou galpões industriais. Quando bem projetada, é uma alternativa muito boa para a construção de uma obra durável e de qualidade”, explica Carlos Alberto Tauil, ao se referir a um dos motivos que levou os arquitetos a escreverem o livro.
A publicação é uma reedição do livro “Alvenaria Armada”, lançado em 1981 por Tauil em parceria com Cid Racca. “Decidi então, junto com Flávio José Martins Nese, reeditar o livro mostrando a metodologia do projeto arquitetônico e os detalhes construtivos que tornam uma obra em alvenaria estrutural racionalizada”, conta Tauil.
O novo livro também apresenta as inovações do sistema nas últimas décadas, normas técnicas atuais, detalhes sobre coordenação modular, passo a passo de assentamento de blocos, equipamentos auxiliares, entre outros temas. A publicação possui, ainda, uma série de ilustrações e fotos, que a tornam um roteiro para a execução de um bom projeto.
O livro Alvenaria Estrutural é destinado a arquitetos, engenheiros civis, mestres de obra e demais profissionais da construção civil.
Serviço:
Alvenaria Estrutural
Autores: Carlos Alberto Tauil e Flávio José Martins Nese
Editora PINI
183 páginas
Para mais informações e compras, clique aqui.

Pesquisa aponta otimismo no mercado de concreto

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

O aquecimento da economia no período pós-crise parece ter animado a indústria brasileira de concreto. Dados da pesquisa semestral realizada neste início de ano pela Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto (BlocoBrasil), apontaram otimismo e grandes expectativas para a atividade econômica do setor no primeiro semestre de 2010. O objetivo da pesquisa, feita com os associados da BlocoBrasil, foi identificar as macrotendências setoriais do mercado pré-fabricados leves (blocos e pisos) de concreto e a expectativa de crescimento dos fabricantes. Os resultados apontaram que 40% dos industriais do setor esperam que o desempenho da empresa cresça em até 20% nos próximos seis meses. Enquanto o restante estima que o desempenho fique acima dos 20% de crescimento, em relação a 2009. Dentre os fatores responsáveis por essa melhora na indústria de concreto, 60% apontam o aquecimento do mercado imobiliário pelas novas condições de financiamento e o aquecimento da economia em geral, o restante acredita que o programa habitacional do governo. Boas notícias também para o mercado de trabalho, de acordo com a pesquisa, nenhum associado da BlocoBrasil prevê redução das atividades neste semestre. Pelo contrário, caso seja necessário aplicar alguma mudança na empresa, será somente adotar medidas para aumentar a produtividade. Entre as medidas, o aumento do número de funcionários e a aquisição de novos equipamentos serão as primeiras atitudes a serem tomadas. “O mercado brasileiro da construção civil continua em ritmo muito forte, confirmando a reação da economia brasileira após o abalo do último trimestre de 2008 e as expectativas são muito boas, o país está crescendo na economia e na construção”, afirma o arquiteto Carlos Alberto Tauil, secretário executivo da BlocoBrasil.